Risoto à parmigiana – Tio João

Faz tempo que tenho pensado em fazer alguns reviews de comidas que podemos encontrar no mercado. Pensei bastante nessa possibilidade para poder ajudar quem não sabe cozinhar (e nem quer tentar haha) e também facilitar a minha vida quando estiver com preguiça de fazer comida em casa.

Por conta disso, resolvi que minha primeira resenha deveria ser de uma comida que eu gosto muiiiiito mas que é um pouco difícil de se fazer: RISOTO. Eu nunca postei nenhuma receita aqui no blog então essa receita vai servir como um “como fazer risoto – para iniciantes“, ok?

Estava procurando algum produtos que fosse bom (e barato) para testar. Então achei essa linha da Tio João e pensei: por que não? A marca é conhecida por fazer um bom arroz, então na minha cabeça deveria ser um bom risoto. Paguei 5,90 nesse pacote de 175g no marcado Comper da 305 sul aqui em Brasília.

Normalmente calculamos 80g de arroz cru (para risoto) por pessoa, então achei ok 175g para duas porções. Faz sentido. Um pacote de 500g de arroz carnaroli custa em média 18-22 reais então se fizer uma regrinha de três simples vai ver que 5,90 é um preço bom.

Vamos ao que achei do produto: Quando abri a embalagem veio um cheiro forte de “queijo” algo como um tempero de miojo de queijo, e vi que era como uma farofinha (tem foto ai embaixo) um pó misturado com um monte de arroz. Óbvio que pensei em desistir na hora, minha irmã que falou: PARA DE SER FRESCA! VAMOS FAZER ISSO. E então segui as instruções da embalagem (ok, algumas…)

Refoguei cebola e alho, adicionei o produto e depois coloquei água fervendo em cima. Como eu tinha fritado a carne antes, guardei aquele “suco” que ela perde para colocar no risoto e dar um gostinho de carne. Mexi, mexi, mexi, adicionei mais água, mexi, mexi, mexi, mais água, mexi, mexi, adicionei uma colher de manteiga. O resultado vocês podem conferir na foto.

DSC09098

DSC09099DSC09100 DSC09102 DSC09104

DSC09106 DSC09108

Eu não fiz nenhuma apresentação magnífica para não dizerem que manipulei o resultado haha a única coisa que mudei no que dizia atrás da embalagem é que coloquei

 

 

Continue Reading

Abbraccio – Vale a pena?

Já faz alguns meses que o restaurante Abbraccio abriu suas portas aqui em Brasília. Inicialmente no shopping Iguatemi e logo em seguida no Park Shopping (em frente a Iplace). Por ser uma casa de comida italiana fiquei super interessada e intrigada pra conferir.

Ao chegar no Park Shopping às 15h de um domingo a fila de espera estava enorme. Ok, é de se esperar por ser um restaurante novo, né? Esperei uns 10-15 minutos até que liberassem a mesa e assim eu pudesse sentar. A primeira impressão foi bem interessante porque a mesa ao lado estava comemorando um aniversário e os atendentes contaram o parabéns em italiano!!!!!!!

Assim como no Outback, assim que chegamos somos recebimos com um pão da casa. O da Abbraccio vem com um mix de ervas e azeite. O que comi estava beeeem quentinho, ou seja, uma maravilha <3

De entrada, pedi um Arancini da casa, um bolinho de risoto com linguiça e pimentões, servido com molho de tomate.

13689769_1108622882517517_1438124913_n

O molho estava delicioso, porém como vocês podem ver na foto os bolinhos estavam queimadinhos. Não é o melhor arancini que já comi na vida, mas achei bem molhadinho e temperado. Comeria de novo hehe.

Preço: 31,90

Já de prato principal pedi uma lasanha. No cardápio existem duas opções para lasanha, uma individual e outra tamanho família. Como estava com Raphael, meu fiel escudeiro, pedimos a maior já que serviria duas pessoas tranquilamente.

13694987_1108622872517518_1234324250_n

A lasanha é bem servida. Mas convermos e chegamos a conclusão de que só serve duas pessoas (até mesmo três) se todas comessem pouco ou uma entrada antes (ou sobremesa). Ela não vem presunto, para a minha felicidade. O molho é o mesmo dos bolinhos de arroz e a massa é bem gostosa.

Não acho que vale 78 reais, pelo simples fato de ter mais massa que carne/queijo. Mas levando em consideração que é um prato para duas pessoas o preço sai bem justo.

Não pedimos sobremesa porque depois de comer pão, bolinho de arroz e lasanha saímos de lá quase rolando. Mas a casa tem várias opções de sobremesa.

O atendimento foi impecável. Obrigada ao garçom Marcos por ter feito dessa experiência a melhor possível. Espero que eles consigam manter esse padrão sempre.

Então, depois de falar tudo que comi e explicar cada coisa, finalizo dizendo que a Abbraccio é um restaurante incrível, com atendimento impecável xom comida ok. Vale a pena conhecer e aprender um pouquinho de italiano 😉

Continue Reading

Tempo de cozimento dos legumes

A nossa alimentação deve ser a mais saudável possível, consumindo uma grande quantidade de verduras, legumes e frutas diariamente. Mas para que possamos aproveitar todos os nutrientes precisamos saber o tempo de cozimento de cada um. Lembrando que a melhor forma de cozimento (para aproveitar todos os nutrientes) é a vapor.

O ponto do alimento é bem pessoal, então a tabela que usei é levando em conta o tamanho médio de cada alimento e deixando ele bem molinho. Você pode adaptar ao seu gosto, aumentando ou diminuindo o tempo de cocção. É importante saber que o corte do legume deve ser feito na direção da fibra e é super aconselhável acrescentar um pouco de sal na água fervendo porque depois de cozido é bem complicadinho arrumar o sal já que não vai penetrar no alimento.

Sem título

Espero que tenham gostado da dica e se quiserem saber mais alguma coisa é só deixar nos comentários que ficarei bem feliz em ajudar.

Continue Reading

Lingerie plus size: Onde comprar?

É nítido que 90% das mulheres não sabem escolher suas lingeries. Eu mesma sempre compro mais pela beleza do que pelo tamanho e funcionalidade, e por causa disso, acabo errando muuuuuuuuuuitas vezes. E nunca aprendo. Então, resolvi dar algumas dicas de como encontrar a lingerie ideal para seu corpo e mostrar uma loja bem legal que vende lingeries maiores.

ONDECOMPRARLINGERIEPLUSSIZE

Eu sempre bato nessa tecla porque realmente é o ponto mais importante para comprar roupas (ou melhorar a sua auto-estima. Conhecer seu corpo é o básico do básico para qualquer coisa na vida. Serve pra valorizar alguma parte que você acha mais bonita, como para esconder algo que não te deixa confortável para mostrar.

Por exemplo, se você tem os seios maiores, invista em sutiãs com bastante sustentação. Se você tem os seios pequenos, opte por sutiãs com bojo para se sentir mais confortável.

Obs: Isso não quer dizer que por ter seios grandes não pode usar sutiã de renda sem muita sustentação. O CORPO É SEU E VOCÊ USA O QUE QUISER!!!!!!! Lembre-se disso.

MaurA WALTON(1)

Como eu disse no início do post, depois de um certo tempo aprendi que vale mais uma lingerie feia mas confortável do que uma linda que me aperta.

Lembre-se que é um tipo de roupa que você usa o dia todo, então tem que ser o mais confortável possível, para que no final do dia não sinta dores e nem queria arrancar em um pequeno momento de desespero. Claro, ressaltando aqueles momentos especiais que ai fica a seu critério ser bonita ou confortável.

Ah, se você achar uma peça que se encaixe nas duas opções, melhor ainda!

MaurA WALTON(2)

O material da lingerie é muito importante pelo mesmo motivo do item anterior: É uma peça que você usará o dia todo, deve ser confortável. Além disso, o tecido deve conter um material bom que não acumule odores ou retenham tanto suor.

Esse ponto é muito importante se você tem alergia a algum tipo de material! Fique atenta sempre.

MaurA WALTON(3)

A quarta dica é uma mistura de todas as outras. Nunca devemos pensar SÓ em alguém na hora de comprar a lingerie. É claro que às vezes queremos fazer uma surpresa, apimentar a relação etc etc, mas mesmo nesse caso devemos pensar em nós. Será que está confortável? Será que valoriza meu corpo? Eu estou a vontade com essa peça? Ou será que só estou fazendo isso por ele(a) gosta DESSA PEÇA?

O nosso bem-estar e nossa felicidade deve estar sempre a frente de qualquer pessoa.

E por pensar em todas essas opções antes de comprar uma lingerie, e levando em consideração que para uma mulher com numeração maior de 46 é quase que impossível encontrar a peça ideal em lojas de departamento, fiz uma pesquisa e achei a loja 2 Rios que possui uma quantidade enoooooooooooorme de peças com diversos modelos e tamanhos grandes <3

Alguém ai já comprou nessa loja? O que acharam? Quais a dicas que usam na hora de comprar uma lingerie 😀

 

Beijos e até a próxima 😉

Continue Reading

Festival de massas no Villa Tevere

Comida italiana tem um espaço bem grande no meu coração, pra mim além de ter um sabor delicioso também remete à carinho, aconchego, enfim, sempre que como me sinto bem. Me sinto feliz.  Aqui em Brasília não temos muita opção de estilo de culinária, mas temos algumas opções maravilhosas de cozinha italiana.

O Villa Tevere é um restaurante super tradicional e agora com uma super novidade para o mês de abril:O menu La Pasta, que conta com 10 opções de pratos especiais de massas <3

O festival já começou e vai até o dia 30 de abril. De terça a sábado, no horário do almoço, e no jantar, de segunda a quinta, a casa oferece o menu ao valor único de R$ 58,40 com direito a Entrada + Principal.

De entrada o menu conta com uma Bruschetta melanzane & funghi, feita com berinjela e shitake. Confesso que fiz cara feia quando li a descrição porque não gosto de berinjela e nem shitake, mas quando dei a primeira garfada gostei bastante. Não tinha a textura ruim da berinjela e nem o sabor forte do shitake. Ou seja, quem sabe fazer faz bem não é mesmo? hahah obrigada Chef Flávio.

bruschettavillatevere

Para quem aprecia frutos do mar, a sugestão é o Linguine Netuno, pasta longa ao molho de tomates italianos com camarões e lulas flambados, azeitonas pretas chilenas e alcaparras ou o Conchiglia al Gamberini, conchas recheadas com creme de Gorgonzola ao molho de tomate, ervas e camarões ao “aglio e olio”.

linguinenetunovillatevere
Linguine Netuno

Para quem gosta dos clássicos, tem Farfalle alla Norma, feito com massa gravatinha ao molho de tomate e ervas com berinjela em cubinhos frita em azeite, parmesão e ricota, o tradicional Spaghetti alla Carbonara, massa longa ao molho de ovos, toucinho, pimenta preta e parmesão e o Fettuccine Bolognese, massa servida com a receita de ragu da casa, feita com carnes bovina e suína, vinho, tomate e ervas.

O menu também trás opções como o Bucatini Milanese, uma massa com ragu de ossobuco e ovo pochê, o Macaroni Rustico, massa tipo Castellane com ragu de rabada e pesto de agrião, que promete ser sucesso durante o festival, Gnocchi all maiale (Nhoque artesanal de batata ao molho ferrugem com ragu de pernil suíno, queijo Bel-Paese, confitura de abacaxi e conhaque), Bucatini Milanese (Pasta longa com ragu de ossobuco com ovo pochê e parmesão), Penne al salmone (Pasta curta ao molho cremoso de salmão, vodka, alcaparras e notas de limão siciliano), Rondelle di Pollo (Massa fresca recheada com frango ao molho de quatro queijos com nozes, amêndoas e pistaches) e Macaroni Rustico (Massa tipo Castellane com ragu de rabada e pesto de agrião)

bucaronvillatevere
Bucatini Milanese
12969317_1048573098522496_1469725814_n
Penne al salmone

Os pratos são beeem servidos e o menu tem preço único de R$ 58,40, lembrando que esse valor tem direito a Entrada + Principal.

Minha experiência na casa foi a melhor possível. A companhia foi incrível e a comida estava divina. Mais uma vez agradeço ao Villa Tevere, à Taíssa Costa e à Adriana Nasser pelo convite.

Serviço: La Pasta
Villa Tevere – CLS 115 Bloco A Loja 02
Telefone: 3345.5513
Horário do festival: Terça a Sábado, das 12h ás 15h
Segunda a quinta, das 19h30 à 0h.

Continue Reading