Para conhecer: The Neighbourhood

Sempre que estou em uma bad ou simplesmente passando por algum momento no qual não está favorável pra mim eu acabo voltando pra uma paixãozinha antiga e uma banda que mesmo com letras mais “melancólicas” me faz sentir bem e por isso resolvi postar aqui e deixar registrado que talvez a gente só precise de músicas boas para ficar bem, nem que seja apenas por um tempo.

The Neighbourhood  é uma banda americana de indie rock ou aquele famoso rock alternativo. Eles lançaram três EPs:  I’m Sorry…, The Love Collection e Thank You, e em 2014 finalmente lançaram seu primeiro álbum completo, I Love You. O segundo álbum da banda Wiped Out! saiu em 2015.

E para vocês conhecerem essa banda incrível fiz um top 5 das músicas que mais gosto <3

E ai, quem já conhecia a banda? 😀

Continue Reading

(re)começar

De vez em quando o único remédio é sair de cena para o show continuar. Aprender a ser ausência quando tudo já foi dito, cobrado, explicado. Deixar de ser insistência para ser abstinência. Controlar os próprios impulsos pode parecer simples, mas é uma das coisas mais difíceis de se conseguir. Tanta alegria dando sopa lá fora e a gente teimando em se fixar na pessoa que foi embora.

É preciso entender que enquanto insistimos em checar os horários em que o outro “visualizou por último” no WhatsApp, muita vida está acontecendo e sendo deixada pra trás. É muito difícil, não é de uma hora pra outra que o coração entende as mudanças de planos e estações mas aos poucos, bem aos poucos, a gente aprende a fazer falta.

Sumir do mapa de quem sabe onde lhe encontrar e até o momento não se importou; pra quem teve todos os seus sorrisos e nunca valorizou. Sair de cena de quem você ouviu inúmeros “nãos” e nunca acreditou; de quem pouco se relacionou e muito se cansou. Do afeto pequeno que tanto lhe recusou e você sempre aceitou. Sumir do mapa de quem vive com dúvidas e lhe tem como certeza; de quem não aprendeu a remar junto e agir com gentileza.

Aprender a fazer falta para quem já se habituou à sua presença e desaprendeu a sorrir quando você aproxima. Pra quem se esqueceu como é boa a sua companhia e prefere se refugiar numa vida fria.

Fazer falta é segurar o impulso de procurar, vasculhar, perguntar. É frear a vontade de entender o que não dá mais para explicar ou de justificar o que não merece absolvição.

Fazer falta é não ligar, não mandar mensagens, não digitar o tal endereço na barra de contatos do e-mail. É sair para se distrair com os amigos, dar uma corrida no parque, respirar fundo e encontrar sentido na solidão. É orar para o pensamento acalmar, não bisbilhotar o perfil da pessoa no Facebook, deixar de postar as próprias fotos com a intenção de ser visto à distância. É desistir de parecer bem quando não está bem, é cortar o cabelo para renovar o espírito, é ficar bem longe do celular enquanto toma um copo de cerveja ou uma taça de vinho. É, acima de tudo, agir com esquecimento para quem pareceu esquecer você.

É torcer para que, sumindo, descobrir se realmente faz falta. Para que, sumindo,  possa descobrir o quanto sua presença é importante ou não. Sumir é uma estratégia arriscada, eu sei. Mas também define muita coisa mal resolvida. Também traz as respostas que buscamos e nem sempre encontramos.

Nem sempre as respostas serão aquelas desejadas, mas no fim nos libertam a prosseguir com mais certeza, clareza… e amor próprio.

love-coffee-1500x1000

Texto adaptado do site O segredo.
Continue Reading

Meus novos cadernos da Foroni

Sempre que recebo alguma coisa gosto de vir aqui no blog e mostrar para vocês, principalmente quando é algo relacionado à papelaria porque sei que assim como eu vocês também amam demais. E na semana passada recebi uma caixa com alguns cadernos da Foroni.

Pra quem não sabe a Indústria Gráfica Foroni foi fundada em 1924, meados da Iª Gerra Mundial, por um jovem casal de imigrantes italianos Primo e Yolanda Foroni que começaram com uma pequena gráfica de cadernetas e blocos no bairro do Ipiranga – São Paulo.

Desde sua fundação, a Foroni concentrou-se em produzir produtos de qualidade graças à experiência de 90 anos no ramo papeleiro.

O que eu mais gosto são as várias opções de produtos e sempre com estampas da moda e do momento <3

foroni1 foroni3 foroni2 foroni5 foroni4 foroni6

Eu realmente não sei como eles descobriram mas eu amo bob esponja e sempre me comunico no whatsapp por emoticons. Já a Barbie foi uma das bonecas que mais brinquei da infância, então é muito bom poder relembrar.

E ai, gostaram dos cadernos que recebi? Quem ai também ama os produtos da Foroni? <3

Continue Reading

Aventura no Taguatinga Shopping

Adrenalina é uma coisa que move a gente e claro, existem pessoas que gostam de mais e outra que gostam menos (meu caso).  Pensando nisso e na diversão das crianças nesse finalzinho de férias o Taguatinga Shopping traz uma super atração: o Circuito de Arvorismo Indoor, promovido pela empresa Playjump.

A atração conta com muitos momentos de pura adrenalina, superando obstáculos, vencendo limites e ampliando o senso de conservarão do meio ambiente.

A estrutura do circuito possui 5m de altura e cinco circuitos, além da tirolesa e o rapel para a descida no final que dá acesso à escalada. O brinquedo alia a segurança dos aventureiros com a diversão. Durante todo o percurso, os participantes estão devidamente presos às linhas de vida e fazendo uso de equipamentos de segurança, cadeirinha com 3 pontos e capacete, além de resgatar a nostalgia dos antigos parques de diversões, o espaço oferece também brincadeiras lúdicas como arco e flecha, pescaria e dardo na bola ao valor de R$ 8 por atividade.

A atração funciona no mesmo horário do shopping: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo entre 12h e 22h. A diversão é garantida para crianças a partir de 3 anos, o ingresso custa R$ 30 para tirolesa, rapel e escalada.

arcoeflexa arvorismo arvorismo2 unnamed

E ai, vamos levar as crianças e aproveitar para ser criança também?

Continue Reading

Como ser mais produtivo

Toda vez que penso em produtividade penso em organização e vontade de querer ser produtivo. E então a primeira dica é: Planeje seu dia na noite anterior. Eu sei que é difícil quando se está cansado ou não sabe ao certo o que fará no dia. Mas é necessário tirar 10 minutinhos do seu dia pra planejar e tentar organizar o seu dia.

A segunda dica é: Faça coisas chatas pela manhã. Na minha cabeça é mais fácil fazer o mais chato e o pior logo, sem contar que pela manhã estamos mais dispostos e mais tranquilos. Depois que fizer o chato ou o mais logo, vá para atividades rápidas e prazerosas, como uma forma de recompensa mesmo.

A terceira dica é uma tarefa de cada vez. Eu sei que é tranquilo fazer duas, três coisas ao mesmo tempo, mas sabemos que determinadas atividades requerem mais atenção e então foque nelas.

A quarta dica é faça listas e as tenha à vista. Sabemos que é super fácil procrastinar né? E para que isso não aconteça o ideal é fazer listas, durante seu planejamento, e tê-las a vista para que possa ver e fazer tudinho sem deixar pra outra hora.

A última dica é diga não à distrações. Eu sei que as vezes precisamos de uma horinha de pausa ou um momento pra ocupar a cabeça, principalmente depois daquela tarefa chata e demorada. Mas é necessário que o momento de trabalhar seja de foco e produtividade. Se você intercalar uma tarefa com uma olhadinha nas redes sociais não conseguirá terminar tudo a tempo. As redes sociais são iscas excelentes pra procrastinação. Deixe elas pra depois de terminar tudinho!!!

 

E ai, gostaram das dicas? 😀

Continue Reading