Como aromatizar azeite

azeitinhoExistem duas coisas no mundo que eu amo de paixão: Azeite e brownie. Por conta desse amor pelos azeites e por uma aula de aromatização de azeites que tive na faculdade, eu descobri que dá pra saborizar com o que quisermos e então deixar algo que é super bom pra nossa saúde (e que deixa um gosto maravilhoso na comida) ainda melhor.

O preparo é bem fácil, mas temos que tomar alguns cuidados. Primeiro devemos sempre limpar bem o pote de vidro que iremos usar para colocar o azeite com agua e sabão. Ferva em água por 15 minutos e depois deixe secar no forno bem alto por uns 5 minutos para que mate todas as bactérias. Quando seco, se quiser pode passar um álcool por fora.

Depois de limparmos bem o pote, é hora de escolher nossos aromatizantes. Eu sugiro: Alecrim, alho, pimenta, canela, raspas de limão e manjericão. Nessa etapa também devemos tomar alguns cuidados, para que sua conserva dure mais tempo use sempre ingredientes secos, por exemplo. um manjericão fresco durará em torno de 3 dias, logo depois irá começar a deteriorar. Em todos os mercados tem uma sessão de temperos secos, se jogue!

No caso do alho, descasque e coloque direto no azeite.

Modo de preparo do azeite aromatizado

Leve o azeite extra-virgem ao fogo (até uns 80ºC – ou seja não pode ferver). Em seguida, coloque o ingrediente dentro do azeite e tampe a panela. Quando esfriar, coloque, com a ajuda de um funil, em vidro que deve estar super limpo e esterilizado (ensinei ali em cima como fazer).

A proporção de azeite para aromatizante fica a seu critério. Se preferir um sabor mais suave coloque menos, se quiser mais forte coloque mais. Sempre lembrando que alho, manjericão e alecrim são bem fortes!!

A durabilidade como disse acima é bem mais baixa quando utilizado ingredientes frescos, em torno de 3 dias. Já com ingredientes secos a durabilidade é de até 15 dias, lembrando que esse tipo de conserva é para consumo rápido, então o ideal é fazer em pequenos potes e ir experimentando novos aromatizantes.

Continue Reading

Receita: Tapizzoca (Pizza de tapioca)

A tapioca é um alimento tipicamente brasileiro que foi descoberto pelos índios e muito consumido em Pernambuco e no norte do Brasil. Há uns 2 anos atrás descobriram que ela não tinha glúten, então seria uma opção mais saudável (principalmente quem tem alergia à ele) e então começou esse BUM do Brasil todo consumir esse alimento.
Pensando nisso e nas possibilidades que temos, trouxe uma receitinha de pizza de tapioca, que muito provavelmente você faz na sua casa ou nunca pensou nisso antes.
Ingredientes
  • 5 colheres de sopa de tapioca
  • 4 colheres de sopa de molho de tomate
  • 1/2 xícara de queijo mussarela ralado
  • 1 tomate pequeno em fatias
  • frango desfiado
  • folhas de manjericão
  • Azeitonas pretas
  • Orégano

Modo de preparo

  • Pré-aqueça o forno em 180ºC, de preferência no modo grill. Em uma frigideira quente, faça a tapioca como de costume, peneirando a massa e deixando 2 minutos de cada lado. Passe a tapioca para o prato de servir e espalhe com cuidado o molho de tomate.
  • Acrescente o queijo ralado e as fatias de tomate, o frango desfiado e as azeitonas. Leve ao forno por 5 minutos ou até derreter o queijo. Salpique orégano e as folhas de manjericão,  sirva em seguida.
Foto:Metrópolesimagem_release_5604691-840x577
Continue Reading

Receita: Canelone de berinjela

Uma das comidas mais sem graça que já comi na vida foi berinjela. Não me agradou a textura, não me agradou o sabor (que no caso é de nada, porém, um nada ruim hehe), então resolvi procurar algumas alternativas de comidas saudáveis que utilizam esse ingrediente como principal.

Tudo isso porque a berinjela reduz o colesterol, melhora o funcionamento do intestino, diminui o risco cardíaco e ajuda no emagrecimento. Ou seja, precisamos SIM colocar em nossas refeições esse alimento tão versátil (e sem gosto) hehe.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 2 colheres de chá de sal
  • 1 berinjela média

Para o molho:

  • 1 xícara de chá de manjericão picado
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de chá de sal
  • 2 dentes de alho amassados
  • 2 tomates médios picados
  • 1 cebola média picada

Para o recheio:

  • 1 xícara de chá de salsinha picada
  • 2 xícaras de chá de ricota picada
  • 1/2 colher de chá de nozes picadas

Modo de preparo:

Lave a berinjela, seque, retire a parte verde da ponta e corte em fatias bem finas no sentido do comprimento.
– Coloque as fatias em uma peneira aparada sobre uma tigela e polvilhe o sal. Pressione com um prato e deixe descansar por 15 minutos para amenizar o amargor da berinjela.
– Em seguida, lave as fatias uma a uma, eliminando todo o sal, e seque com papel toalha. Reserve.
– Com um pouco do azeite, pincele uma frigideira antiaderente e leve ao fogo até aquecer.
– Junte, aos poucos, as fatias de berinjela e frite até dourar os dois lados. Sempre que necessário, pincele a frigideira com o azeite de oliva.

O molho
Em uma panela, aqueça o azeite de oliva, junte a cebola e o alho e refogue, sem parar de mexer. Acrescente os tomates e 1/2 xícara de chá de água e cozinhe, mexendo de vez em quando, até os tomates murcharem. Por último, misture o manjericão e o sal. Cozinhe por mais 5 minutos e retire do fogo.

O recheio
Bata a salsinha, a ricota, as nozes e a pimenta-do-reino no processador até obter uma pasta homogênea e reserve.

Montagem:

– Espalhe as fatias de berinjela em uma superfície lisa e distribua o recheio.
– Enrole as fatias como um canelone e disponha em uma assadeira de 23 cm x 33 cm.
– Despeje o molho sobre os rolinhos, cubra a assadeira com papel-alumínio e leve ao forno por 25 minutos.
– Elimine o papel-alumínio e deixe no forno por mais 10 minutos, ou até dourar
– Retire do forno e sirva em seguida.

Foto: Metrópolescanelone-840x577

Continue Reading

Bolo marmorizado

Eu sei que para muuuitas pessoas fazer bolo é a coisa mais difícil do mundo e eu vim aqui provar que não, pelo contrário, fazer bolo é uma das coisas mais fáceis do mundo.

A receita que vou usar aqui é a que minha vovó me ensinou há uns 15 anos atrás quando eu era beeem pequenininha e ajudava ela a pesar e misturar os ingredientes. Naquela época ela fazia tudo a mão, mas como hoje em dia a maioria das pessoas tem batedeira fica a seu critério como vai fazer.

Os ingredientes são bem simples:

  • 3 ovos
  • 2 colheres de sopa de manteiga (ou margarina ou becel ou gordura vegetal ou óleo)
  • 1 e 1/2 xícara de açúcar
  • 1 xícara de água (ou leite ou iogurte natural)
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • Uma pitada de sal
  • Uma pitada de pimenta do reino preta moída
  • 80g de chocolate

Modo de preparo:

  • Unte a forma com manteiga e coloque no congelador (se preferir pode untar com manteiga e farinha de trigo, nesse caso não precisa deixar no congelador)
  • Pré-aqueça o forno a 180 graus
  • Misture o açúcar e manteiga até ficar um creme homogêneo. Essa etapa é muito conhecida como branquear a manteiga porque ela fica bem branca (caso você utilize açúcar crista como eu fiz nessa receita ela não vai ficar branca)
  • Adicione os ovos, um por um e depois o sal e a pimenta do reino
  • Quando tiver um creme homogêneo adicione a água e a essência de baunilha, bata até incorporar tudo
  • Nessa etapa pode ser que o preparo talhe, por isso é muito importante que todos os ingredientes estejam em temperatura ambiente (incluindo a manteiga viu?). Caso isso aconteça aqueça o preparo por uns 10s no microondas, ou até a mistura voltar. Outro motivo para talhar é que o preparo pode ter muito líquido e nesse caso é só adicionar a farinha e depois misturar
  • Se talhar ou não, depois de misturar todos os líquidos chegou a hora de acrescentar a farinha e o fermento peneirados à mistura
  • Separe o preparo em duas partes e derreta o chocolate.
  • Acrescente o chocolate a uma das partes e na hora de colocar na forma intercale uma quantidade de massa branca, outra de chocolate, outra de branca. Depois com um garfo faça movimentos circulares para que dê esse aspecto marmorizado ao bolo.

DSC08782 DSC08784 DSC08786 DSC08787 DSC08788 DSC08789 DSC08790 DSC08791 DSC08792 DSC08793 DSC08794 DSC08796 DSC08799

Bom apetite!

 

Continue Reading

Queijo coalho com geleia de pimenta e alho crocante

Alguns dias atrás eu e meu namorado fomos à um restaurante e na parte de entradas tinha um tal de queijo coalho com geleia de pimenta e alho crocante. Ficamos super intrigados (mas como a grana estava curta só comemos o prato principal mesmo haha).

Depois disso, Raphael foi em um churrasco e um amigo dele fez essa super mistura e ele amou. Então resolvemos fazer em casa pra ver se iria ficar gostoso mesmo. Por ser algo tão fácil de fazer eu não poderia deixar de compartilhar com vocês <3

A ideia desse prato é um petisco/entrada que pode ser pra um churrasco ou até mesmo para receber seus amigos em casa. A mistura da geleia de pimenta com o queijo é para dar um gostinho agridoce no prato, dando aquela sensação de nhami quero mais. Nós usamos a Queensberry por ser bem docinha e pouco apimentada (minha sogra não gosta de pimenta), mas fica a seu critério qual geleia usar.

queijoapimentado

Ingredientes: 

  • Queijo coalho em tiras
  • Geleia de pimenta
  • Alho crocante

Modo de preparo:

  • Grelhe o queijo coalho (pode ser em uma frigideira ou na churrasqueira, coloque a pimenta em cima e um pouco de alho crocante em cima.

queijoapimentado5 queijoapimentado4 queijoapimentado2 queijoapimentado3

E ai, quem já tinha comido esse prato? 😀

Continue Reading